enxaqueca, enxaqueca rj, dor de cabeça, dor de cabeça rj enxaqueca, enxaqueca rj, dor de cabeça, dor de cabeça rj enxaqueca, enxaqueca rj, dor de cabeça, dor de cabeça rj enxaqueca, enxaqueca rj, dor de cabeça, dor de cabeça rj enxaqueca, enxaqueca rj, dor de cabeça, dor de cabeça rj
Dor de Cabeça » Mais sobre dor de cabeça » Relatos impressionantes

Os relatos expostos aqui foram enviados por pessoas que sofrem ou que convivem com quem sofre de dor de cabeça crônica. Procuramos manter ao máximo a íntegra dos textos. Por vezes, fizemos algumas modificações no sentido de omitirmos nomes de remédios e de médicos. O objetivo principal é compartilhar o sentimento de quem sofre de alguns tipos de dor de cabeça e o que pensam sobre a sua dor.

Os nomes completos dos pacientes foram omitidos por motivos éticos, mas seus dramas e sofrimento espelham o dia-a-dia mais frequente de mais de 30 milhões de brasileiros que buscam alívio para a enxaqueca e outros tipos de dor de cabeça.

Maria chegou a retirar a vesícula biliar, o útero e os ovários, operou sinusites inexistentes e até a mandíbula para se livrar das dores. As dores de cabeça diárias atrapalharam tanto o advogado CHR, que ele chegou até a tentar tratamentos espíritas para resolver o problema. Escrava do medo das crises de enxaqueca e, consequentemente, dos analgésicos que tomava a cada seis horas, a aposentada TCN chegou a passar cinco anos sem assumir nenhum compromisso fora de casa. As crises de cefaleia em salvas fizeram com que o industrial ACZ, de 38 anos, chegasse ao ponto de aventar o suicídio e bater com a cabeça na parede na tentativa de fazer a dor parar. Dois comprimidos de dorflex, dois de neosaldina, quatro de doril e quatro de lexotan eram os companheiros diários da dona de casa LSM após ter tentado mais de 20 tratamentos diferentes para curar sua enxaqueca. Uma médica que sofria de crises semanais de enxaqueca pulsátil e havia sido submetida por seus colegas a inúmeros procedimentos diferentes para resolver o problema. As crises de enxaqueca diárias levaram o empresário RLV a perder compromissos profissionais e oportunidades de negócios. A forte dor em pressão, com a sensação de ter um fone de ouvido apertado o tempo inteiro na cabeça, atrapalhou a vida do advogado SVQ por muitos anos. Pode uma dor de cabeça iniciada na infância, e que seguiu de forma intermitente por 25 anos, tornar-se diária pelo uso abusivo de analgésicos? Foi o que aconteceu com o aposentado JBF. 28 comprimidos de analgésicos eram os companheiros diários da pedagoga M.E.S., cuja dor de cabeça, diária há quase 20 anos, a impedia de trabalhar e viver uma vida normal. Com 80 anos de idade no início do tratamento, a Sra. MRA sofreu de dores de cabeça diárias a maior parte de sua vida, tendo procurado mais de 20 profissionais diferentes em busca de alívio.

Endereço: Rua Siqueira Campos, 43 – salas 1002 e 1003 – Copacabana, Rio de Janeiro/RJ

© Copyright 2011 Dor de Cabeça