enxaqueca, enxaqueca rj, dor de cabeça, dor de cabeça rj enxaqueca, enxaqueca rj, dor de cabeça, dor de cabeça rj enxaqueca, enxaqueca rj, dor de cabeça, dor de cabeça rj enxaqueca, enxaqueca rj, dor de cabeça, dor de cabeça rj enxaqueca, enxaqueca rj, dor de cabeça, dor de cabeça rj
Dor de Cabeça » Mais sobre dor de cabeça » Relatos impressionantes
Uma médica que sofria de crises semanais de enxaqueca pulsátil e havia sido submetida por seus colegas a inúmeros procedimentos diferentes para resolver o problema.

A possibilidade de voltar a trabalhar e produzir foi a sensação de maior prazer obtida por ECA, médica de 39 anos do Rio de Janeiro. Após conviver por 26 anos com crises semanais de dor de cabeça forte, pulsátil, com enjôo e incapacidade de trabalhar, e de ter sido submetida a condutas estapafúrdias como retirar o útero, ovários, vesícula biliar e até alguns dentes na tentativa de resolver o problema, essa pediatra carioca nos procurou quando usava três medicamentos diferentes para conseguir trabalhar seis horas diárias. Por absoluta impossibilidade de suportar a piora das crises quando permanecia sem dormir ou atrasava uma refeição, havia deixado, contra a sua vontade, os plantões noturnos que tanto queria e precisava fazer.

A suspensão total do que vinha tomando, a orientação clara sobre a natureza da dor e a maneira correta de tratá-la, aliadas ao início do uso preventivo de uma droga moderna, não só diminuiu em 70% a freqüência de suas crises como induziu perda de peso (o que a incomodava sobremaneira) e permitiu seu retorno à vida produtiva.

enxaqueca, enxaqueca rj

Endereço: Rua Siqueira Campos, 43 – salas 1002 e 1003 – Copacabana, Rio de Janeiro/RJ

© Copyright 2011 Dor de Cabeça